domingo, 10 de outubro de 2010

O QUE O ABORTO IMPEDE E PRODUZ

    De repente você diga, sem no entanto ter pensado adequadamente: Ah por que nascí, se passo tanto trabalho e nada dá certo comigo ou, pelo menos deveria ter nascido morto ou morta! Talvez você diga: Por que minha mãe não me abortou nos meus primeiros dias de gestação? Ou talvez você mesmo já tenha praticado  o aborto, pensando com isso amenizar um pouco as dificuldades, o que não aconteceu, mas complicou muito mais a situação, encontrando-se vítima de um certo remorso. Você, eu, e todos os seres humanos somos vitoriosos pelo simples fato de termos nascido. Você sabe, dentre milhões de espermatozóides um deles se salvou e foi de encontro ao óvulo feminino, fecundou e Deus começou  tecer e formar aquele ser humano no ventre de sua mãe e aí está você! Esta já é uma das maiores e monumentais conquistas, você venceu entre milhões. E isto se prende ao fato de que Deus tem um grande propósito para com sua vida. Não importando as dificuldades e problemas pelos quais você venha passando, ou possivelmente venha passar, você venceu! Você não sofreu o aborto. Você tem metas a serem alcançadas, você tem vitória a conquistar, você é importante para Deus, é por esta razão que aí está.

      Que tal se a mãe de Alexander Fleming houvesse cometido o aborto? Não teríamos o descobridor da Penicilina, e se o patologista Howarde Florey e o bioquímico Ernest Chain sofressem o aborto, não teríamos descoberto o método para sua produção industrial como medicamento usado no combate às inficções. Eles conseguiram isolar e produzir o ingrediente ativo do bolor no princípio da Segunda Guerra Mundial, salvando milhares de vidas. Deus tinha um propósito com esses homens. era para eles a tarefa, em benefício de milhões de seres humanos, e pelos quais damos mil graças a Deus.

      Poderíamos citar  centenas e centenas de pessoas que,  se tivesse sofrido o aborto o mundo estaria perdendo grandes personagens que deixariam de ser grandes bênçãos de Deus a favor da humanidade. Em primeiro lugar podemos citar os personagens bíblicos como sejam: Davi, o homem segundo o coração de Deus, que foi rei de Israel e escreveu a maioria dos Salmos; José filho de Jacó que mudou a histório do antigo Egito; Moisés que pelo braço de Deus salvou os israelitas da tirania de Faraó no Egito; Jesus o salvador, prometido por Deus para ser o salvador da humanidade.

      Poderíamos, aqui, citar vários nomes de pessoas detentoras de várias atividades que poderiam ter morrido ou assassinadas via aborto antes de nascer, como: professores e mestres, médicos, advogcados, psicólogos, legisladores, governadores, donas-de-casa, garís, e uma infinidade de profissionais. É claro que milhares de seres humanos, cujas vidas já estavam dentro do plano de Deus, tiveram sua morte prematura através do impiedoso e desumano aborto.

     Mas se você,  conscientemente ou por ignorância, cometeu tal crime, assassinando uma criança através do impiedoso aborto, não importando o motivo que a levou a cometer tal atitude, seja você solteira ou casada, não  se desespere. Se você está arrependida e já pediu perdão a Deus, prometendo nunca mais voltar a tal prática, com certeza Deus na Sua infinita misericórdia já a perdoou. Dê valor à vida e respeite-a, porque a vida´pertence a Deus. Ele é o criador e mantenedor da vida. Só Ele tem poder para dar a vida e poder para tirar a vida

    Alguém que pretende se livrar do bebê recém gerado através do aborto, poderá alegar que foi estuprada, ou que o bebê não foi planejado, ou que ainda ficou grávida por descuido. Nenhuma dessas alegações terá o beneplácito de um Deus tão fiel e amoroso, e alé de tudo, justo. Pois o bebê que está no ventre de sua mãe, não está cogitando se está ali por um ato de amor, ou se foi planejado ou não. Ele quer viver, gozar o direito à vida que Deus lhe proporcionou. (Extraído do Livro: "A Vida em Busca de Socorro").

Nenhum comentário:

Postar um comentário