domingo, 7 de novembro de 2010

OS MEUS SONHOS

Sonho: Nome que se dá às idéias presentes ao espírito, durante o sono. Os sonhos podem ser classificados como sendo: sonhos vãos; sonhos de que Deus usa para fnis especiais. Produzindo esdtes sonhos, Deus age de conformidade com as leis do espírito, e talvez empregue causas secundárias.

   Existem aqueles sonhos como: pensar insistentemente sobre um projeto, uma meta, algo a ser conquistado; ter uma idéia fixa, imaginar, prever. Pode ser uma imaginação sem fundamento; pensamento dominante, que seguimos com interesse ou paixão; idéia que alimentamos; aspiração; coisa fútil ou transitória. Quanto a mim  era algo que eu previa, como que palpável e certo. Daí o meu esforço a qualquer preço, em busca desse horizonte que na medida de que Deus vai me revelando eu vou registrando, como segue.

   Como bem enfatiza o título desta dramática história de minha vida, que parece mais um diário de vida que qualquer outra coisa. Há sonhos que são verdadeiras profecias e que se realizam e, especialmente quando eles passam ser encarados como projetos de grandes realizações. Foi assim que considerei e comecei a tomar posições, na certeza de que tudo iria dar certo. Sentia-me como empurrado por Deus e ninguém seria capaz de me impedir.

   Bem, eu sou catarinense, nascido e criado em Araranguá, filho de agricultores; meu pai de saudosa memória chamava-se Álvaro e minha mãe Elvira também de saudosa memória; pais de dezesseis filhos; todos criados sob regime econômico agrícola; em terras muita cansadas e improdutivas que fizeram com que eu começasse a sonhar e arquitetar uma aventura e isto a qualquer preço. Lá pelos meus oito a nove anos de idade comecei a pensar em voz alta comigo mesmo dizendo: "Quando eu ficar de maioridade irei embora para qualquer cidade do Rio Grande do Sul, especialmente Porto Alegre". Completei 19 anos de idade, preparei minha malinha com poucos objetos e no dia dois de janeiro de mil novecentos e cinquenta e um parti inicialmente para Veranópolis e dali começou conforme Deus me orientava se realizar alguns sonhos.
Bem, em outras páginas após, continuarei escrevendo como meus sonhos foram se realizando. Natalício Álvaro Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário